Elaine Palma fala sobre mulheres reais e sustentabilidade no podcast "Na boca das lobas"

Elaine Palma fala em entrevista exclusiva para o podcast "Na boca das lobas", que aborda o comportamento feminino, sobre o preconceito com a idade das mulheres na moda e sustentabilidade no segmento de semijoias!



Deborah e Sofia, mãe e filha, compartilham nesse canal inspirador, suas histórias com o universo da moda, fazem críticas à indústria e refletem sobre valores sociais e sustentáveis.


Confira abaixo a primeira parte da entrevista, onde Elaine Palma fala sobre a inspiração das mulheres reais no seu processo de criação.





Na segunda parte da entrevista, a designer aborda preconceito com a idade e sustentabilidade no processo de produção.





Para ouvir o PODCAST completo, clique abaixo. Elaine Palma começa a falar no minuto 36:08.



Confira alguns trechos


Elaine Palma fala sobre o processo de criação

"Eu não penso na idade física das mulheres quando crio. Penso no que as mulheres querem ser, que estilos querem adotar. O processo de criação é um mecanismo de libertação. "

A designer reforça seu posicionamento

"Minhas criações permitem às mulheres se posicionarem no seu estilo próprio, no seu estilo mental, livre das referências impostas pela data de nascimento. E, é claro, com muito requinte, sofisticação, numa condição acessível, com produtos de primeiríssima qualidade, com todo conforto e segurança para estar em contato com nosso corpo."

Elaine Palma aborda a sustentabilidade como premissa de suas marcas

"Desde a escolha das matérias primas, passando pelo manuseio do material, sempre buscamos uma forma de fazer o que a própria natureza faria, de forma controlada, padronizada e no tempo ajustado ao processo produtivo."

E finaliza demonstrando a preocupação e cuidado com o tema

"Outra premissa é o reuso. Em todo processo, maximizamos o reuso de materiais e insumos, afim de restringir o mínimo necessário a inclusão de novos materiais, novos recursos e assim evitando consumir mais do planeta."
72 visualizações0 comentário